sexta-feira, abril 19, 2024
anuncio
HomeCidadeBarueri registra estabilização da taxa de mortalidade infantil em 2021

Barueri registra estabilização da taxa de mortalidade infantil em 2021

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Índice do ano passado é equivalente ao do ano anterior. Ainda assim, ambos são os mais baixos já registrados pela cidade e estão entre os menores do estado

Dados divulgados recentemente pela Fundação Seade relativos ao ano de 2021 mostram que a taxa de mortalidade infantil de Barueri estagnou em 2021. O índice, que em 2020 era de 7,1 mortes de crianças de até um ano de idade para cada mil nascidas vivas, baixou para 6,97 no ano passado, diferença que caracteriza estabilização.

Nos últimos anos, porém, vinha ocorrendo uma ligeira queda constante no índice barueriense. A taxa, que esteve ligeiramente acima de 8 entre 2016 e 2018, saltou para 11,09 em 2019 para recuar aos 7,1 de 2020. Os índices dos dois últimos anos são os menores da história da cidade. Em 2022, nasceram 5.168 bebês em Barueri e 36 não completaram um ano.

A taxa de mortalidade indica quantas crianças morrem numa localidade antes de completar um ano para cada mil nascidas vivas. O índice brasileiro tem ficado em torno de 13, enquanto no estado de São Paulo a média é 10. As taxas de Barueri nos últimos dois anos estão entre as mais baixas do Estado, que tem municípios que superam as 30 mortes.

A alta mortalidade infantil é um problema brasileiro que atravessou os séculos. Ela chegou a ser superior a 100 mortes para cada mil crianças nascidas vivas. Esse quadro começou a mudar a partir da década de 1940, com a criação de programas para combater o problema. Entre 1990, quando a taxa nacional foi de 47,1, ela baixou ano a ano até chegar a 13 em 2019, quando parou de cair.

Os órgãos internacionais de saúde consideram que o índice aceitável deve ficar abaixo de 10. Nos países onde ele é menor, fica abaixo de 2, casos de Japão, Finlândia, Singapura e Islândia. Repúblia Centro-Africana e Serra Leoa, são os piores, acima de 80.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!