quinta-feira, maio 23, 2024
anuncio
HomeCidadeMutirão de mamografia atende de graça em Barueri durante o mês de...

Mutirão de mamografia atende de graça em Barueri durante o mês de janeiro

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Mulheres de Peito, programa de prevenção ao câncer de mama mantido pela secretaria estadual de Saúde, atenderá gratuitamente na cidade até 6 de fevereiro. A previsão é de que mais de mil mulheres façam o exame

A partir desta quarta-feira (6/1), as baruerienses poderão realizar exame de mamografia gratuitamente e perto de casa. Durante um mês, até 6 de fevereiro, a unidade móvel do Programa Mulheres de Peito, da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, atenderá na cidade.

Neste período, a carreta de mamografia estará na Secretaria de Promoção Social de Barueri (Avenida 26 de Março, 1.159, Jardim São Pedro). O equipamento tem capacidade para fazer 50 mamografias por dia.

Programa Mulheres de Peito chega a Barueri para realizar mamografias em mutirão/Foto: Divulgção
Programa Mulheres de Peito chega a Barueri para realizar mamografias em mutirão/Foto: Divulgação

Os atendimentos serão realizados das 9 às 18 horas, de segunda a sexta. Para quem não puder ir durante a semana, a carreta também atenderá aos sábados, das 9 às 13 horas, mas o número de atendimentos nesses dias será de 25 pacientes.


O que é preciso para o atendimento e fazer o exame

Durante o mutirão, a mamografia é feita totalmente de graça. Basta dirigir-se ao local. Será necessário apresentar o RG original, o cartão do SUS e a mamografia anterior, se houver.

Para mulheres de 35 a 49 anos, também é preciso apresentar o pedido médico. Ele deve ser solicitado na UBS em que ela é atendida. Basta procurar a enfermeira responsável no posto de saúde. Se a paciente tiver mais de 50 anos, não é necessário fazer o pedido. Em todos os casos, é necessário informar o endereço completo, com CEP, ou apresentar comprovante de endereço.

Na carreta, o atendimento será feito por ordem de chegada e a entrega de senha é feita após a triagem, que vai verificar se a paciente está com todos os documentos para garantir o atendimento. Nos casos de alguma alteração ser detectada na mamografia, o programa prevê que todas as pacientes sejam acompanhadas e atendidas na rede estadual.

A importância da mamografia

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de mama é a primeira causa de morte por neoplasia nas mulheres no Brasil. Suas causas não são totalmente conhecidas, mas sabe-se que a doença depende de uma complexa combinação de fatores. A idade é o principal fator de risco. Existe também a predisposição genética, que não é tão significativa, pois representa de 5% a 10% dos casos, mas serve como alerta.

Frase

Ele é relativamente raro antes dos 35 anos, mas acima desta idade sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. Em 2013, 14.207 brasileiras morreram em função dele e a estimativa de novos casos para 2016 é de 57 mil casos, de acordo com projeções do Inca. Existem vários tipos, alguns evoluem de forma rápida, outros, não, mas a maioria tem bom prognóstico.

As mulheres que têm entre 50 e 70 anos são as mais propensas, e essa é a razão da importância do autoexame, do acompanhamento médico e da realização da mamografia. Nessa faixa etária, as recomendações da Organização Mundial de Saúde priorizam a detecção precoce da doença.

Esses dados revelam a importância do diagnóstico ainda em fase inicial para que seja tratada o quanto antes, e as chances de curas serem maiores. Segundo a Secretaria de Promoção Social de Barueri, nos mutirões anteriores foram realizados mais de 2,6 mil mamografias: 1.130 em 2013 e 1.550 em 2014. Para este ano estão previstos cerca de 1.100 exames.

O medo do diagnóstico é uma das causas de muitas mulheres evitarem a mamografia. No entanto, nos dois anos anteriores, os mutirões de Barueri encontraram anomalias em uma de cada 200 pacientes examinadas. E de cada quatro casos diagnosticados, em três o tratamento é eficaz. Ou seja, as mortes por causa do câncer de mama devem-se principalmente ao diagnóstico tardio.

O telefone para mais informações é o 4199-2800, ramal 174 (Núcleo de Combate ao Câncer de Mama).

 

 

Postagens Relacionadas

1 Comentário

Comentários estão fechados

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!