terça-feira, maio 28, 2024
anuncio
HomeCidadeBaixa imunização contra paralisia infantil leva à prorrogação de campanha de vacinação

Baixa imunização contra paralisia infantil leva à prorrogação de campanha de vacinação

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Número de doses aplicadas, muito abaixo do indicado, aumeta os riscos de volta da doença, que antes de ser erradicada, chegou a atingir 26 mil crianças no Brasil

A baixa adesão de pais e responsáveis por crianças e adolescentes menores de 15 anos em Barueri fez com que o município aderisse à prorrogação da campanha de multivacinação, com foco na imunização contra a poliomelite. “A medida visa permitir aos pais ou responsáveis atualizar a caderneta de vacinação das crianças e dos adolescentes, uma vez que é fundamental a adesão massiva da população para manter a erradicação de algumas doenças ou impedir o retorno de outras, casos do Sarampo e da Poliomielite”, diz a nota da prefeitura.

Os dados revelam que entre os pequenos baruerienses, menos de 60% estão protegidos contra a paralisia infantil. A poliomielite, que é uma grave doença infecto-contagiosa, chegou a atingir 26 mil crianças no Brasil até ser erradicada, em 1989, depois que atividades de imunização em massa foram iniciadas em 1961. Na maior parte dos casos, os infectados apresentam poucos sintomas ou nenhum, com um quadro semelhante à gripe, com febre e dor de garganta, ou às infecções gastrintestinais, com náusea, vômito, constipação e dor abdominal.

Parte dos infectados, especialmente crianças com menos de cinco anos, pode sofrer com formas graves da poliomielite, quando o vírus ataca o sistema nervoso, causando paralisia flácida aguda permanente, insuficiência respiratória e até a morte. Após a infecção, não há cura para a paralisia infantil. “Uma vez paralítica, a criança está paralítica pelo resto da vida, é um grande drama. A melhor prevenção é a vacina”, alerta o virologista Edson Elias, chefe do laboratório do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz).

Quem ainda não atualizou o esquema vacinal dos filhos, tem até o fim de outubro para ir até uma das UBS de Barueri durante os horários de funcionamento. Para receber a imunização, é preciso apresentar a caderneta de vacinação, assim como documento de identificação com foto. Veja os endereços e horários das UBS AQUI.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!