sábado, julho 2, 2022
spot_img
HomeCidadeAto contra aumento da tarifa tem menos gente e muita tensão

Ato contra aumento da tarifa tem menos gente e muita tensão

por: Redação

Desta vez, houve troca de hostilidades entre motoristas e manifestantes que fechara a avenida Henriqueta Mendes Guerra

atomagteria
Passeata caminha pela avenida Henriqueta Mendes Guerra no sentido da Santa Úrsula/Fotos: BnR

O terceiro protesto contra o aumento das tarifas de ônibus em Barueri, realizado na tarde de terça-feira, 17/1, no centro de Barueri, teve menos participantes e episódios de tensão entre motoristas e manifestantes.

O ato, organizado pelo grupo Lutas Populares de Barueri, reuniu cerca de 60 pessoas a partir das 16 horas, enquanto nas edições anteriores chegou a contar com 300 e 200 participantes. Elas refizeram os passos dos protestos de 4 e 9 de janeiro, saindo do Terminal Central e ocupando primeiro a avenida Henriqueta Mendes Guerra até a Santa Úrsula, e depois voltando ao terminal pela 26 de Março.

No entanto, o fechamento da esquina da Campos Sales com a Henriqueta provocou muita irritação em alguns motoristas, que passaram a hostilizar os manifestantes. Houve troca de insultos e alguns condutores chegaram a sair de seus veículos para bater boca. Eles também se queixaram dos agentes do Demutran, que alegaram que tinham orientações de apenas acompanhar a passeata e organizar o trânsito.

Em certo momento, um dos motoristas descarregou seu extintor de incêndio contra o rosto das pessoas que fechavam a rua. Os carros também tentaram forçar a passagem, mas foram impedidos pelos participantes do ato.

atoconfusao
Carros cobertos pelo pó de extintor de incêndio disparado por motorista: momentos de tensão

Quando a manifestação caminhou pela Henriqueta no sentido da Santa Úrsula, o mesmo motorista que havia usado o extintor investiu contra a manifestação e subiu no bulevar, de onde arrancou para dar a volta no grupo. Nesse trecho, teve o carro atacado pelos manifestantes, que quebraram um dos vidros do veículo e provocaram danos na lataria.

O movimento foi encerrado por volta de 19 horas e a organização não informou se haverá novo protesto nem quando.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!