sábado, julho 13, 2024
anuncio
HomeCidadeAos 101 anos, morre Silvério Adelino, que trabalhou na criação do Alphaville

Aos 101 anos, morre Silvério Adelino, que trabalhou na criação do Alphaville

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Morador da cidade desde 1951, atuou na criação do antigo Serviço de Assistência Médica de Barueri, o Sameb, na década de 1970

Sempre lúcido, ele nunca deixou a paixão pelos livros, o piano e a música clássica

Morreu na sexta-feira, 28/6, aos 101 anos, Silvério Adelino Silva. Servidor público por muitos anos, ele atuou diretamente no processo de aprovação do projeto de criação do Alphaville.

Silvério nasceu em 20/6 de 1923 em Itapeva e passou a infância e adolescência em Itapetininga, ambas cidades da rede da antiga Estrada de Ferro Sorocabana, onde começou a vida profissional aos 14 anos.

Conhecido pela inteligência e dedicação, cresceu na empresa até tornar-se chefe de Controle de Tráfego. Em 1951, aos 28 anos, chegou à recém-emancipada Barueri para ser o responsável pela estação de trem do município, hoje parte da ViaMobilidade.

Entre 1973 e 1976, ocupou o cargo de chefe de Gabinete de Guilherme Guglielmo, o prefeito Perereca. Foi nessa época que atuou na aprovação do Alphaville e na idealização do antigo Serviço de Assistência Médica de Barueri (Sameb). Na Barueri grande e rica de hoje, gostava de lembrar que foi o responsável pela compra da primeira ambulância do município. Morou sempre na Vila São João, na região central da cidade, colaborou com estabelecimentos comerciais e contribuiu no desenvolvimento de indústrias locais.

Há uma semana, no dia 20, celebrou seus 101 anos, bem humorado como era sempre, lúcido, digitalizado, usando WhatsApp e aplicativos de banco. Valorizava a família, a cultura e o estudo. Dava exemplo no dia a dia, lendo 3 a 4 livros por mês, apreciando a música clássica e tocando piano. Mas não deixava de assistir séries policiais, hobby que compartilhava com filhos e netos.

Com a professora Esther Pires de Moraes Silva, formou uma família de 7 filhos nascidos em Barueri, 15 netos e 4 bisnetos.

Silvério será velado e sepultado no sábado, 29/6, no cemitério de Barueri, em horário ainda não definido.

Postagens Relacionadas

1 Comentário

  1. Com certeza foi um grande ser humano que felizmente deixou sua marca e legado por onde passou. Agora seus filhos e netos continuarão seu legado…

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!