domingo, julho 21, 2024
anuncio
HomeCidadeObra de prédio que desabou no Centro passa por perícia

Obra de prédio que desabou no Centro passa por perícia

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Polícia Civil, Defesa Civil, Crea e responsáveis pela obra analisaram a estrutura

A obra de um prédio comercial que desabou parcialmente na noite de segunda-feira, 16/12, no Centro de Barueri, passou por perícia na manhã desta terça-feira, 17/12. O procedimento foi realizado pela Polícia Técnico-Científica, da Polícia Civil, com o acompanhamento da Defesa Civil de Barueri, do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Crea) de Barueri e dos responsáveis pela obra.

Perícia vai indicar o que causou o desabamento do prédio. O caso é investigado pela Delegacia de Barueri/ Foto: Reprodução Rede Globo

Segundo reportagem do telejornal SPTV1 (Rede Globo), a análise da estrutura começou às 10 horas e durou cerca de duas horas. Está sendo apurado se o desabamento foi causado por uma falha na fundação ou uma falha na montagem do prédio. A obra não corre risco de novo desmoronamento e deve ser demolida futuramente. A área permanece interditada.

O responsável pela construção era Deividson Ulmam e o dono era Alberto Antônio Rodrigues, que não quiseram se pronunciar. Um dos operários do prédio confirmou que houve sobrecarga em cima do segundo andar, o que pode ter causado a queda da estrutura. Outro trabalhador disse que quando a laje, com volume de cerca de seis caminhões de concreto, foi colocada no sábado, 14/12, o prédio chegou a balançar, mas, o engenheiro responsável mandou seguir a obra.

Ao BnR, a prefeitura de Barueri informou que a obra teve o alvará de construção aprovado na Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo em fevereiro deste ano. O prédio comercial estava sendo erguido desde então na rua Professor João da Mata e Luz, ao lado do estacionamento do Sameb e próximo do Ginásio José Corrêa.

Corpo de Bombeiros fez uma operação delicada e longa para encontrar o operário que foi soterrado pelos escombros e morreu/ Foto: Divulgação Corpo de Bombeiros

A queda da estrutura aconteceu por volta das 19 horas de segunda-feira (leia), atingindo sete operários que trabalhavam no local. Seis deles ficaram feridos e um morreu, o encarregado geral Natanael Batista de Oliveira, de 37 anos, que deixou uma mulher e dois filhos, de 12 e seis anos. O corpo foi encontrado na madrugada pelo Corpo de Bombeiros (veja).

De acordo com a prefeitura, três dos operários não tiveram nenhum ferimento. Outros três foram ao Pronto-Socorro Adulto de Barueri (Sameb), sendo que dois deles já tiveram alta médica e um foi transferido ao Hospital Municipal de Barueri (HMB), onde permanece internado em estado estável e regular na tarde desta terça-feira, 17/12.

Em resposta ao Barueri na Rede, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que o caso está sendo investigado pela Delegacia de Barueri como “desabamento ou desmoronamento – modalidade culposa, morte suspeita, deixar a empresa de cumprir as normas de segurança e higiene e perigo para a vida ou saúde de outrem”.

Postagens Relacionadas
- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!