segunda-feira, maio 27, 2024
anuncio
HomeGerson PedroNa falta de coisas importantes para propor, vereadores ficam procurando assunto

Na falta de coisas importantes para propor, vereadores ficam procurando assunto

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Enquanto temas importantes passam pelo plenário da câmara sem qualquer discussão, edis despertam do sono para esbravejar contra ônibus, candidato a governador, secretários…

Mais uma sessão bem “borocoxô”

Pois é, meus amados e gentis leitores, parece que as gloriosas sessões legislativas no portentoso Parlamento 26 de Março andam carecendo de um pouco mais de calor. Os nobres representantes do povo aparentemente estão afetados por um sério estado de inconsciência, e aparentam estar em sono profundo, perdendo totalmente a capacidade de responder aos estímulos externos. Essa letargia também pode ser considerada uma psicopatologia, onde tais indivíduos apresentam períodos variados de total inconsciência. (risos discretos)

Aprovações etéreas e sorumbáticas

Nós, que acompanhamos de maneira amiúde as atividades dos lídimos representantes do povo barueriense, podemos afirmar que algo estranho acontece ali, pois discussões em torno de assuntos ou proposituras de suma importância para os destinos da cidade e da população praticamente inexistem, não obstante tudo ser devidamente aprovado. Alguns edílicos “entram mudos e saem calados”. Essa é a frase certa para definir alguns vereadores que chegam às sessões legislativas, sentam nas poltronas e quem sabe, talvez, levem a sério a sabedoria oriental, de que “a pessoa comum fala, mas a sábia escuta”. Hummmmmmm, não sei não!

Sentou a madeira no Tarciso de Freitas

O nobre vereador Keu Oliveira está apostando todas as suas fichas na eleição do quase ilustre desconhecido governador do Estado de São Paulo Rodrigo Garcia. Para ele, a população não deve desperdiçar os seus votos, não pode dar oportunidades, cair na besteira de votar nesse tal de Tarciso de Freitas que foi ministro do Bolsonaro e não disse a que veio, ele não vai ter o direito de ganhar nesse Estado. Chiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, mas quem é mesmo esse Tarciso de Freitas na ordem do dia aqui em São Paulo?

Sobrou até pro filho do Bozo

Uma vez que já estava com o porrete na mão, o vereador Keu aproveitou o ensejo para pedir votos para Bruna Furlan, que pleiteia uma vaga na Assembleia Legislativa de São Paulo, e sentou a pua naqueles que classificou como “garimpeiros de votos”, “fantasmas da internet, youtubers”, lembrando que na última eleição, eleitores de Barueri jogaram 50 mil votos no balde de lixo (sic). Até o Eduardo Bolsonaro que nunca pisou aqui, e sequer sabe onde fica a nossa cidade, foi beneficiado, ele e outros deputados.

Estão faltando ônibus no Jardim Belval

Segundo o vereador Keu Oliveira, alguma coisa precisa ser feita pela empresa de ônibus Benfica, pois os moradores do populoso bairro do Jardim Belval estão sofrendo com a pequena quantidade de coletivos que não estão conseguindo atender à grande demanda diária de passageiros e alguma coisa precisa ser feita com urgência.

Ônibus lotado: o sofrimento do povo é lucro para as empresas

Por mais que o governo tenha avançado com investimentos no transporte público, ainda deixa a desejar na sua tarefa de garantir o deslocamento da população com um mínimo de conforto e segurança. Nas ruas ou nas redes sociais as reclamações são as mesmas, o povo não está satisfeito com o transporte público. As reclamações vão desde ônibus lotados, motoristas atrasados em alta velocidade, demora e diminuição de ônibus em algumas linhas.

Querem ser mais que o prefeito

O vereador Rafa Carvalho mais uma vez deu umas boas alfinetadas em alguns dos secretários municipais de plantão na Flor Vermelha que encanta. Segundo o intrépido edil, alguns desses “secretas”, quando assumem as cadeiras, pensam que são até mais importantes que o próprio prefeito. Segundo ele, algumas essas figuras adoram desfilar de “saltos altos”, esnobam os vereadores, que na verdade os procuram buscando solucionar as reivindicações dos munícipes.

Eles têm que ter respeito, respeito é bom e todo mundo gosta.

Rafa Carvalho insistiu ao dizer que esses secretários que agem dessa maneira deveriam ter respeito com a população e em especial para com os vereadores, pois os mesmos quando fazem algum tipo de pedido, estão atendendo a demandas populares. E mais, Rafa destacou ainda que esses secretários primeiramente tinham que conhecer a história dos moradores e ter compromisso com a cidade e mais, antes de assumirem os cargos, o ideal seria que fossem sabatinados. Hiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!

Fica aí o puxão de orelhas

O vereador Rafa deixou claro que ele e seus pares estão “de olho” nas atitudes desses secretários que muitas das vezes só sabem colocar dificuldades. Quem é humilde costuma reunir outras virtudes, como sabedoria, nobreza, tolerância, gentileza e gratidão. Não se acha nem melhor nem pior do que ninguém; simplesmente age de forma cordial e respeitosa com todos: do mais simples operário às mais altas autoridades dos poderes de um país. Tem gente que podia dormir sem essa, mas quem assim age não é secretário e, sim, “ser-cretino” (risos discretos)

E o clima esquentou em Carapicuíba

Amados leitores, se o clima da última sessão legislativa de Barueri foi morno, já a dos “Caras de Picuíba” (gracinhas à parte), estou me referindo na verdade aos nobres senhores vereadores da cidade de Carapicuíba, onde o edil Bruno Marino, petista convicto em um pronunciamento não deixou mole para o Bolsonaro quanto à sua atuação naquela fatídica entrevista na Rede Globo. Marino referiu-se ao presidente dizendo “o cara não tem caráter” em função de o mesmo ter jocosamente imitado pessoas com falta de ar por estarem acometidas de Covid 19.

Mas nunca é demais lembrar o deboche do Bolsonaro

Em uma live no dia 18 de março de 2021, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o “tratamento inicial” contra covid-19. Na ocasião, ele imitou uma pessoa com falta de ar, fazendo

alguns sons guturais, ao criticar quem se opunha à prática.

Já para o vereador Nil do Ariston

O nobre vereador Nil do Ariston não conseguia esconder o seu ufanismo exacerbado ao elogiar do seu ponto de vista aquilo que considerou como uma atuação “magistral” do Bolsonaro durante a entrevista no Jornal Nacional da Rede Globo. “Meu Capitão”, ele dizia eufórico da tribuna sem o mínimo pudor ou enrubescimento e referiu-se à jornalista Renata Vasconcellos como a “outra” que só falava da pandemia, e que a pandemia era página virada, palhaçada. Hummmmmmmmmmmmmmmm.

Esse mesmo vereador Nil fez uma moção de repúdio

Também, foi de iniciativa desse mesmo vereador Nil do Ariston, a indicação de uma moção de repudio à cantora Bebel Gilberto por sua atitude de pisotear a bandeira brasileira durante um show na Califórnia, no dia 23 de julho. A tal cantora posteriormente se desculpou dizendo-se arrependida e justificou a sua atitude pelo fato do símbolo nacional ter sido apropriado por certos tipos reacionários.

Apontando o rabo alheio

Acontece, porém, que o nobre vereador aparentemente não satisfeito apenas em fazer a sua patriotada ao propor uma moção de repúdio à cantora, enrolou-se em uma bandeira do Brasil com a qual permaneceu até o final da sessão. De acordo com a observação do também vereador carapicuibano Professor Ladenilson, o fato do seu colega Nil do Ariston se enrolar no pavilhão nacional infringe a Lei 5.700 em seu artigo 31, inciso 3º, ou seja, usar a bandeira nacional como vestimenta. Dessa forma, fica evidente que o velho ditado do “macaco que se senta sobre o seu próprio rabo e aponta o rabo dos outros” está bem evidente. (Risos discretos)

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!