terça-feira, maio 17, 2022
HomeCidadeMoradores do Engenho Novo e Jardim São Luiz ficam três dias sem...

Moradores do Engenho Novo e Jardim São Luiz ficam três dias sem energia

por: Redação

Enel não deu explicações nem cumpriu prazos prometidos por ela própria para o retorno do fornecimento; no Jardim São Luiz, um protesto fechou uma rua

Desde a chuva forte da tarde de quarta-feira, e até a tarde desta sexta, moradores do Engenho Novo e do Jardim São Luiz permaneceram sem energia em suas casas e estabelecimentos comerciais.

Durante todo o período, tentaram de todas formas que a concessionária de energia Enel reestabelecesse o fornecimento, mas não foram atendidos. Por várias vezes, a empresa chegou a prometer um prazo para a volta da energia, sem cumprir.

Na avenida Constran, no Engenho Novo, veículos da Enel estiveram no local fazendo averiguações, mas nada resolveram. Os moradores chegaram a parar um carro da empresa que passava pelo local e pressionar o funcionário, que disse não poder resolver o problema sozinho, já que era necessária a intervenção de uma equipe.

Segundo moradores, o motivo da interrupção foi o rompimento de um fio, que ficou exposto numa calçada energizado e pondo em risco a segurança das pessoas. “Isso aqui acontece sempre, toda hora tem estouros na rede a ficamos sem energia”, contou uma moradora. A Energia foi restabelecida no local por volta das 13h30 desta sexta-feira.

Protesto na rua Tilápia

No Jardim São Luiz, os moradores chegaram a fazer um protesto na rua Tilápia, queimando pedaços de madeira e portando faixas. Houve momentos de tensão e viaturas da Guarda Municipal, Demutran e da Polícia Militar estiveram no local para conter os ânimos. Até as 16 horas desta sexta-feira, a energia não havia sido restaurada.

Agora, as pessoas querem ser indenizadas pelas perdas que tiveram, especialmente alimentos e medicamentos que foram perdidos. Uma moradora alegou que um filho que se trata de câncer precisa de uma estrutura especial na casa que utiliza energia elétrica, e os equipamentos ficaram desativados durante todo o tempo.

O Barueri na Rede procurou a Enel pedindo explicações para a causa da interrupção e cobrando um prazo para o retorno do fornecimento. Eis a resposta da concessionária:

A Enel Distribuição São Paulo esclarece que os fortes temporais dos últimos dias afetaram o fornecimento de energia para clientes em toda a sua área de concessão. A companhia triplicou a quantidade de turmas de emergência em campo e chegou a colocar 3 mil colaboradores trabalhando nas ruas para agilizar os reparos. Em função da queda de galhos e árvores de grande porte sobre a rede elétrica, em vários locais, trechos inteiros da rede precisaram ser reconstruídos. A empresa reforça ainda que mais de 90% dos clientes afetados pelas fortes chuvas essa semana já tiveram o fornecimento normalizado e a distribuidora segue trabalhando ininterruptamente para concluir os serviços.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!