Um dia após esfaquear ex-namorada, homem é detido pela PM

0
5803
Compartilhe:

Gerente administrativo é acusado de atacar a ex, uma dentista, com 15 facadas na entrada do condomínio onde ela mora

Câmera dp condomínio onde a vítima mora flagraram o ataque/Fotos: Divulgação
Câmera do condomínio onde a vítima mora flagrou o ataque/Fotos: Divulgação

Na tarde da última sexta-feira, 9/2, o gerente administrativo Émerson Jofrei Neves Santana, de 40 anos, foi preso por policiais militares da Rocam. Acusado de esfaquear a ex-namorada, Émerson era procurado por tentativa de homicídio e foi localizado pela polícia na avenida Barueri Mirim, no Jardim Belval.

O ataque à ex-namorada ocorreu um dia antes, 8/2, em frente ao condomínio onde a dentista mora, na Vila Iracema. O gerente administrativo, segundo o boletim de ocorrência, foi encaminhado inicialmente à Delegacia Central, mas por se tratar de uma tentativa de feminicídio, o caso foi entregue à Delegacia da Mulher de Barueri.

A vítima, uma dentista de 30 anos, estava chegando em seu condomínio, por volta das 23h30, quando foi surpreendida pelo agressor que, atacando-a pelas costas, desferiu 15 facadas na região do pescoço e da nuca da ex-namorada. Ela foi socorrida e levada para o Pronto Socorro Central de Barueri (Sameb), onde passou por cirurgia e permaneceu internada.

O ataque foi filmado pelas câmeras de segurança do condomínio onde a vítima mora. Nas imagens, é possível ver o momento do ataque que durou menos de um minuto. Na sequência, o gerente foge do local, deixando a ex- namorada caída na calçada.

Segundo a nota da PM, enviada ao Barueri na Rede, o acusado foi localizado menos de 24 horas depois do ataque. Ele estava todo sujo, saindo de um matagal, e ao ser abordado pelos policiais, teria confessado o crime alegando ‘problemas conjugais’. Com ele estavam a faca do crime e o celular da vítima.

Compartilhe: