Quatro secretários se afastam para eleição

0
105
Compartilhe:

São Jacques Munhoz e Dr. Antonio, com pretensões ao cargo de prefeito, e Brasil Torres e Mário Lopes, que pleiteiam cadeira na câmara

Quatro secretários do governo municipal estão deixando suas pastas para concorrer aos cargos de vereador ou prefeito, obedecendo o que determina o calendário eleitoral. Dois deles eram casos esperados, pois já declararam que estarão na disputa de outubro: o vice-prefeito Jacques Munhoz e o secretário de Saúde, Antonio Carlos Marques, o Dr. Antonio.

Com o afastamento do vice-prefeito da Secretaria de Educação, a pasta passa às mãos do até então secretário-adjunto, Régis Luiz Lima de Souza.Jacques tem declarado que disputará a cadeira de prefeito, mas não descarta tentar a Câmara Municipal caso não consiga viabilizar uma candidatura com chances de vencer.

[sam_ad id=”7″ codes=”true”]

 

Dr. Antonio também tenta viabilizar a candidatura a prefeito. Do contrário, deve voltar a disputar um lugar na câmara, como fez em 2012. Em seu lugar na secretaria assume o adjunto, Eduardo Menezes.

Os outros dois secretários que se afastam não têm dúvida, vão concorrer ao cargo de vereador. Mário Lopes, que já exerceu mandato na câmara, deixa a Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho.

O quarto a se afastar é Brasil Torres, titular da pasta de Habitação, que concorreu ao Legislativo em 2012 mas não foi eleito e volta a disputar uma cadeira na câmara este ano. Ele cede o posto à sua adjunta Fabiana Marques.

 

Compartilhe: