Furlan quer Sameb apenas para pacientes de cidades vizinhas

0
7457
Compartilhe:

Prefeito diz que descentralizará emergência e baruerienses serão atendidos nos bairros

O prefeito Rubens Furlan diz que descentralizará a saúde de Barueri. Ele afirmou que deixará o Sameb para pessoas de outras cidades e fará atendimento “diferenciado” para baruerienses nos bairros. A declaração foi dada durante evento do projeto da Primeira Infância, realizado na última segunda-feira, 26/11.

Furlan tocou no assunto após longo discurso sobre educação. “A saúde pública da nossa cidade está acabando com a minha saúde, mas vou resolver”, desabafou o prefeito. “Vou descentralizar os atendimentos. Vou colocar nos bairros e deixar o Sameb para tantos quantos quiserem vir”, afirmou Furlan, dando a entender que manterá o Pronto-Socorro Central de portas abertas para munícipes de cidades vizinhas.

“Vou atender o nosso povo de uma forma diferenciada no bairro. Essa é a minha ideia. Vamos implantar primeiro no Tupã. Vocês vão ver que vou conseguir, com ajuda dos médicos ou sem ajuda deles”, concluiu. O prefeito ainda disse que não se pode construir a região “só com Furlan”, mas com todos. “Ninguém pode deixar para trás nenhum item”, discursou.

A fala de Furlan chega quatro dias após vídeo polêmico (veja aqui), publicado nas redes sociais do prefeito, no qual ele dizia que poderia “fechar as portas da saúde” de Barueri para pacientes de cidades da região, devido à saída de médicos cubanos nos municípios vizinhos, como Carapicuíba e Jandira.

Compartilhe: