Oeste não resiste ao Guarani e fica com o vice da série A2

0
382
Compartilhe:

Rubrão fez jogo equilibrado até tomar o segundo gol. No final, Bugre 4 a 0. Sexta começa a Série B do Brasileirão

Agora, o Oeste tem uma semana de preparação para a estreia na Série B do Brasileirão, na próxima sexta-feira, na Arena Barueri, contra o CRB, de Maceió. No ano passado, o Oeste terminou em sexto lugar e esteve muito perto de subir para a Série A.

Na decisão deste sábado, jogando diante de mais de 17 mil torcedores, o Guarani tomou a iniciativa do jogo desde o começo. O Oeste fazia um jogo de espera e o Bugre controlou as ações até abrir a contagem, em belo toque de letra de Bruno Mendes, aos 28 minutos. A partir daí, o Oeste se soltou e teve pelo menos três boas oportunidades de empatar. Em duas, o goleiro campineiro Bruno Brígido salvou chutes de dentro da pequena área.

O Oeste voltou melhor no segundo tempo e esteve perto de empatar, mas aos 20 minutos foi o Guarani quem ampliou, em jogada isolada de Bruno Nazário.

O técnico Roberto Cavalo decidiu ir para o tudo ou nada e chegou a substituir o zagueiro Leandro Amaro pelo atacante Nicolas Careca. O Rubrão passou a encurralar o adversário, mas dava espaço para o contra-ataque.

E  isso foi fatal. Aos 32 minutos, Rondinelly partiu livre e tocou por cobertura na saída de William Menezes, ampliando o placar. Ainda houve tempo para um quarto gol, aos 43 minutos, marcado de cabeça por Caíque.

O Bugrão jogou com William Menezes, William Cordeiro, Leandro Amaro (Nicolas Careca), Betinho e Conrado; Lídio, Daniel (Bonilha), Raphael Luz e Marcinho; Bruno Lopes e Pedrinho.

Compartilhe: