Mandato de Furlan é aprovado por 49% dos eleitores, aponta pesquisa

0
1187
Compartilhe:

Índice é inferior à votação do prefeito em 2016. Estudo conclui que 30,8% não votariam em alguém indicado por ele

Um ano e meio após iniciar seu mandato, o prefeito Rubens Furlan tem aprovação de 49% da população. A conclusão é de pesquisa de opinião realizada na cidade na semana passada pelo Instituto MAS a pedido do Barueri na Rede. De acordo com o levantamento, 13,5% dos baruerienses consideram o atual governo municipal ótimo e 35,5% avaliam como bom. Já a reprovação é de 12,7%, sendo 5,3% de ruim e 7% de péssimo.

aprova

O percentual é bem inferior aos 84% dos votos válidos conquistados por Furlan na eleição de 2016, e também dos 71% do total de votantes da mesma eleição. “Ainda assim, é um índice alto”, explica Marcos Agostinho, diretor do Instituo MAS e responsável pela pesquisa. “Essa queda certamente é resultado de uma expectativa muito grande que foi criada em torno dele e que, ao menos até agora, não se cumpriu.” Essa conclusão é reforçada pelo grande número de pessoas que avaliou a gestão como regular (31,8%).

Furlan tem a seu favor a diferença entre aprovação e reprovação, de 36,3 pontos percentuais. “Isso mostra que, apesar da queda, a rejeição está baixa”, diz Marcos. “Ou seja, entre os 31,8% de regulares, muita gente está esperando um pouco mais para tirar uma conclusão.”

Transferência de votos

A pesquisa também mediu a capacidade de transferência de votos do prefeito. E o resultado é que 23,3% dos eleitores apoiariam sem restrições quem Furlan indicasse. Ao mesmo tempo, 30,8% afirmaram que não votariam de jeito nenhum, índice bem maior do que a reprovação ao governo (12,7%). Isso pode significar que boa parte de quem segue Furlan fielmente ficou insatisfeito com indicações anteriores feitas por ele.

transfer

Além disso, o índice dos que não votariam de forma alguma em alguém indicado pelo prefeito (30,8%) e o de reprovação do desempenho da deputada Bruna Furlan (22%) estão próximos, dentro margem de erro. “Isso permite considerar uma relação entre os números, uma vez que ela é a candidata apoiada pelo pai para as próximas eleições”, diz Agostinho. “Ou seja, quem não vota em alguém indicado por Furlan reprova o desempenho de Bruna.”

Também conta a favor do prefeito o índice de pessoas que talvez votassem num candidato indicado pelo prefeito, de 38% dos entrevistados.

Pesquisa

A pesquisa do Instituto MAS foi encomendada pelo BnR para avaliar como o barueriense está vendo a política neste momento de tensão em todo o país. Foram entrevistadas 400 pessoas distribuídas proporcionalmente por 15 sub-regioes de Barueri, seguindo os critérios utilizados pelos principais institutos de pesquisa para esse tipo de estudo. A margem de erro é de 5% para para mais ou para menos.

Na quarta-feira, 27/6, o BnR publicou os índices de aprovação e rejeição dos dois deputados da cidade, a federal, Bruna Furlan, e o estadual, Gil Lancaster (leia aqui: Pesquisa aponta Bruna e Lancaster mais fracos que em 2014 ). Amanhã, sexta-feira, 29/6, serão publicados os resultados referentes aos vereadores.

Todos os números da pesquisa foram apresentados e analisados numa live do Facebook realizada na noite de terça-feira, 26/6, no escritório da Marcial Monteiro Advogados, no Alphaville. Ela está disponível na rede social do Instituto MAS (http://www.fb.com/maspesquisa) e do BnR.

Quem quiser conhecer todas as conclusões do levantamento deve acessar o site do Instituto MAS no endereço www.institutomas.com.br.

O Instituto MAS foi criado em 1999 e é o principal órgão de medição de opinião da Região Oeste da Grande São Paulo. Já trabalhou para muitas empresas e organizações sociais, além de políticos e gestores públicos de todas as posições. Tem um histórico de grande precisão de acertos em pesquisas eleitorais.

Compartilhe: