Theo brilha, Ceará bate Ganga nos pênaltis e é campeão

0
826
Compartilhe:

Goleiro alvinegro defende cobranças de Birão, Felipe e Willy e Ceará ganha seu primeiro título da primeira divisão

dsc_1300
O Ceará comemorou seu primeiro título na principal divisão do futebol de Barueri após bater o Ganga nos pênaltis

O Ceará, do Jardim Mutinga, se sagrou pela primeira vez campeão barueriense da primeira divisão na tarde deste domingo, 19/11. O Alvinegro bateu o Ganga, do Jardim Paraíso, por 4 a 3 na disputa de pênaltis, depois de empate emr 2 a 2 no tempo normal da partida. O destaque foi o goleiro Theo, que defendeu três cobranças.

dsc_1166
Messi fez um a zero aos 30 segundos

O jogo nem bem havia começado e o Ganga já vencia por um a zero. Aos 30 segundos, Monstro avançou pela direita e bateu cruzado, Messi apareceu no lado oposto e tocou por baixo de Theo.

O Ceará não se abalou com a desvantagem instantânea e passou a buscar o jogo através do excelente toque de bola do seu meio de campo. Numa dessa jogadas, aos sete minutos, Buba aproveitou grande jogada de Moisés e Lucas e bateu forte, de fora da área, no canto esquerdo de Nilmar. Um a um.

A equipe do Paraíso passou a pressionar, buscando retomar a vantagem, mas sem objetividade. Quem desempatou foi o Ceará, aos 21, com Moisés aproveitando a sobra em uma cobrança de escanteio.

Virada veio com gol de Moisés
Virada veio com gol de Moisés

Depois da virada no placar, o time do Ceará passou a dar mais espaço para o Ganga trabalhar a bola e em duas ocasiões Café por pouco não iguala novamente. Aos 30, o meia finalizou em jogada na qual a bola chegou a bater nas duas traves antes de ser afastada pela zaga. Cinco minutos depois, ele mesmo obrigou Theo a grande intervenção no canto inferior direito da sua meta.

O segundo tempo foi marcado pela insistência do Ganga em jogadas individuais de Felipe, sem contudo levar grande perigo ao gol de Theo. O time verde e preto teve a posse da bola, mas não sabia ao certo o que fazer com ela. O tempo passava sem grandes oportunidades de ambas as equipes.

Destaque apenas para jogada de Messi, que se livrou da zaga aos 17 e tentou encobrir Theo, mas a bola saiu por cima do travessão. Do outro lado, Moisés teve a bola do jogo, aos 32, mas desperdiçou ao tirar muito de Nilmar, que já saía na marca do pênalti.

No final, o Ganga foi para o abafa e o alvinegro tentava apenas fazer o tempo passar. Aos 40, Adriano quase empata, em cobrança de falta. No minuto seguinte, Willw bateu cruzado, à esquerda de Theo. De tanto insistir, o Ganga chegou ao empate, aos 42, com Birão escorando de cabeça cruzamento de Willy.

Téo defende a batida de Willy
Theo defende a batida de Willy

Sem tempo para mais nada a decisão do campeonato foi para a cobrança de pênaltis. E aí brilhou a estrela de Theo.

O Ganga começou batendo e Theopegou a cobrança de Birão. Na sequência Nilmar parou Camarão.

Messi e Adriano, pelo Ganga, e Moisés e Malaka, pelo Ceará, deixaram empatado em 2 a 2.

Fabinho colocou o Ganga na frente e Dênis bateu para fora.

Téo posa com a taça que ajudou a conquistar
Theo e a taça que ajudou a conquistar

Na ultima cobrança, bastava o craque do Ganga, Felipe, marcar, mas Theo defendeu.

No quinto pênalti para o Ceará, Bruno marcou. 3 a 3  e a disputa foi para as cobranças alternadas.

Willy bateu para o Ganga e Theofez sua terceira defesa. O zagueiro Vinícius confirmou sua cobrança e a taça foi para o Mutinga.

 

Compartilhe: