Escolas esperam 20 mil pessoas nos desfiles de sábado e domingo

0
1714
Compartilhe:

Nove agremiações se apresentam nos dias 10 e 11. Sambistas prometem levantar o público

belvs
Trabalho das comunidades e parcerias com escolas da capital vão garantir fantasias/Fotos: BnR

Já está tudo pronto para os desfiles de escolas de samba do carnaval de Barueri deste ano, que serão realizados nos dias 10 e 11, sábado e domingo próximos. No primeiro dia, quatro agremiações vão se apresentar, e no segundo, cinco (veja programação abaixo). Os sambistas esperam reunir mais de 10 mil pessoas em cada desfile. Não há cobrança de ingressos.

Os desfiles serão realizados na avenida Guilherme Perereca Guglielmo, em frente ao ginásio José Correia, no centro. Haverá uma praça de alimentação montada pelas escolas onde serão vendidos salgados, refrigerantes, água e cerveja. O público terá à disposição 100 banheiros químicos.

As escolas dão acabamento nos últimos detalhes de fantasias e alegorias e prometem um espetáculo simples, mas bonito. Segundo o presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de Barueri (Liesb), André Alexandre Silva, a maior parte das agremiações desfilará fantasiada. “Foi feito um grande trabalho pelas comunidades e também foram fechadas parceiras com escolas da capital”, explica. “Vamos escrever uma nova página na história do carnaval de Barueri”, garante o presidente.

Para quem quiser antecipar o carnaval, as escolas estão realizando ensaios normalmente durante a semana em suas quadras.

Negociações

Durante todo o ano de 2017 os sambistas viveram dias de tensão, por medo de que se repetisse o que houve no ano passado, quando o desfile foi proibido na última hora por falta de documentos e de aprovação pelas autoridades de segurança.

Para este ano, as negociações para a realização dos desfiles se arrastaram por vários meses e tudo só ficou acertado em janeiro. A Secretaria de Segurança e os Bombeiros fizeram uma série de exigências para que a festa fosse liberada e a Liga conseguiu cumprir todos os requisitos. Um dos pontos centrais era a questão de segurança, que ficará com a Polícia Militar e a Guarda Municipal com apoio de uma equipe da Liga.

Desde o início, 11 escolas se inscreveram para participar do carnaval. Na última hora, porém, Mocidade Verde Rosa e Cadência Paulista optaram por não participar, alegando divergências com a Liga. Elas deverão fazer apresentações nas cidades vizinhas.

desfile

Compartilhe: