ELEIÇÕES – Robertinho quer representar Barueri na Assembleia

0
2267
Compartilhe:

Vereador vai tentar uma vaga de deputado estadual e critica quem é votado em Barueri e dá as costas para a cidade

O vereador Robertinho Mendonça, do partido Solidariedade (SD), disputa a eleição de deputado estadual em outubro tendo como primeira meta ser o representante de Barueri na Assembleia Legislativa. “Quero continuar a fazer o que já faço como vereador, lutar e apresentar projetos voltados para a população barueriense”, explica. Seu número é 77.345.

Ele pretende dedicar 80% de sua campanha ao eleitorado da cidade e cita o desencanto do brasileiro com a política para sustentar seu argumento. “Primeiro, é preciso participar da política, pois não iremos a lugar nenhum sem ela”, afirma ele.

rober

E, de acordo com esse pensamento, ele fala que quem quer mudança deve votar em alguém que possa cobrar. “Eu vou estar aqui durante o mandato, ouvindo o que as pessoas têm a dizer, sabendo o que necessitam, quais são os problemas”, diz, alfinetando políticos que obtiveram votos na cidade mas se afastaram depois de eleitos.

Sergipano de 46 anos, Robertinho está em Barueri desde os 15. Trabalhou durante 14 anos da empresa de ônibus Benfica. É casado, tem três filhos e mora no Jardim Silveira. “E não pretendo sair de lá. É onde estão meus vizinhos e amigos”, afirma.

Ele diz entender o desânimo do eleitor diante de tudo o que está acontecendo. Por isso, ao defender a atividade política, ele critica quem se envolve em esquemas de corrupção. “Todos que erraram têm que pagar, sem exceção”, opina. “E falo com tranquilidade, porque tenho a ficha limpa.”

Robertinho ainda não definiu seu candidato à Presidência. Segundo ele, o cenário ainda está incerto e será preciso ouvir seu partido. Também não definiu com quem dobrará na disputa, mas ressalta que sua legenda tem Paulinho da Força, uma liderança nacional.

Ele é o único dos 21 vereadores de Barueri que confirmou até o momento candidatura para as eleições de outubro. Será sua segunda experiência semelhante. Em 2014, pelo Partido da República (PR), ele tentou eleger-se deputado federal, mas obteve 12 mil votos e não conseguiu a cadeira em Brasília.

O atual mandato de vereador é o segundo de sua carreira. Nesse cinco anos e meio na câmara, apresentou 19 projetos. “Sou atuante e aceito desafios”, afirma,. “Quando me candidatei a vereador, disseram que eu não ganharia e ganhei. Depois, disseram que eu não me reelegeria, e consegui. Por isso, tenho confiança na vitória agora”, explica.

A maioria de seus projetos está voltada à saúde. São dele iniciativas para prevenção e combate ao câncer de ovário, de apoio à parturiente contra a violência obstétrica, assim como a proposta de criação da semana de prevenção e combate à depressão pós-parto. Também propôs a introdução de alimentos orgânicos na merenda escolar e elaborou o projeto que permite a presença de doula durante o parto.

O vereador também tem relações com a Federação Paulista de Jiu-jítsu e ajudou a trazer eventos do esporte para a cidade. Nessas iniciativas, afirma que foram arrecadadas mais de 20 toneladas de alimentos para pessoas carentes.

Compartilhe: