É cinema. É arte. É cult! É aqui.

0
205
Compartilhe:

Cinépolis de Barueri é um dos nove no país a exibir filmes de produções independentes e alternativas, o chamado cinema de arte

Muitos admiradores do cinema de arte não sabem, mas Barueri faz parte de um circuito nacional de produções alternativas. Há mais de um ano, uma sala do Shopping Iguatemi Alphaville exibe a programação do projeto Cinema de Arte do Cinépolis. São títulos que fogem do padrão dos filmes comerciais a preços mais baixos do que os das demais salas.

Inaugurado em 25 de setembro de 2015 com o filme A Pele de Vênus, de Roman Polanski, o Cinema de Arte do Cinépolis se aventura ao trazer para um shopping produções normalmente exibidas em complexos específicos – como Cine Belas Arte, Cine Arte e Caixa Belas Artes, todos localizados da região central de São Paulo.

Na grade de exibição não há especificamente preferência por um gênero, tema ou nacionalidade, mas pela qualidade da obra em si, seja ganhadora ou não prêmios em festivais nacionais e internacionais, de realizadores famosos e de reconhecido talento ou de jovens cineastas em início de carreira.

O Cinema de Arte exibe obras frequentemente premiadas com O Globo de Ouro, filmes que levam à reflexão e mereceram destaque da crítica. São produções francesas, espanholas, brasileiras, argentinas, canadenses, alemãs, iranianas e de pequenas cinematografias. A seleção é feita por meio de acompanhamento dos filmes em exibição em festivais no exterior e no Brasil.

Exibição de filmes

A rotina de exibição do Cinema de Arte do Cinépolis também é peculiar. O ‘circuitinho’, como são chamamos os nove complexos da Cinépolis espalhados pelo Brasil, do qual o Cinema de Arte faz parte, é composto de salas com 150 a 200 poltronas.

Os ingressos são outro atrativo, pois ficam abaixo da média dos filmes convencionais e custam R$ 12 a inteira e R$ 6 a meia. As exibições são de segunda a sexta-feira, às 19h30; e aos sábados e domingos às 14 horas. Dependendo do tempo de duração do filme, esses horários podem ser alterados.

sete-minutos
7 Minutos Depois da Meia-noite: menção honrosa no Festival de San Sebastian 2016

Atualmente está em cartaz em Barueri o filme 7 Minutos Depois da Meia-noite, adaptação do consagrado best seller do escritor inglês Patrick Ness (em lançamento no Brasil pela Editora Presença), com Sigourney Weaver, que está sendo celebrado na Espanha e nos EUA como um dos melhores filmes do ano, tendo recebido uma menção honrosa no Festival de San Sebastian 2016.

Em 26 de janeiro começa a exibição de Até o Último Homem, indicado a três Globos de Ouro sob a direção de Mel Gibson, que também esteve à frente de Coração Valente e o polêmico A Paixão de Cristo.

ate-o-ultimo-homemlion

Para fevereiro estão previstos A Qualquer Custo, que recebeu três indicações o Globo de Ouro 2017 – melhor filme; melhor roteiro e melhor ator coadjuvante para Jeff Bridges –; Jackie, do diretor Pablo Larrain e estrelado por Nathalie Portmann; Lion – Uma Jornada Para Casa, com a participação de Nicole Kidman; e Moonlight – Sob a Luz do Luar, que recebeu seis indicações ao Globo de Ouro.

natalie-portman-jackie moonlight

Para maiores detalhes da programação, o site www.cinemadearte.com.br  disponibiliza ficha técnica, enredo, entrevistas dos diretores, a opinião da crítica brasileira e também estrangeira e os trailers.

Compartilhe: