Alunos da Fieb apresentarão a peça Wicked no Centro de Eventos

0
350
Compartilhe:

Estudantes interpretarão personagens de Wicked – A História Não Contada das Bruxas de Oz. O espetáculo será nos dias 12, 13 e 14/11

Alunos vão interpretar personagens de Wicked - A História Não Contada das Bruxas de Oz./Fotos: Dilvulgação
Alunos vão interpretar personagens de Wicked – A História Não Contada das Bruxas de Oz./Fotos: Dilvulgação

Na próxima semana, os alunos da Fundação Instituto de Educação de Barueri (Fieb) apresentarão a peça Wicked – A História Não Contada das Bruxas de Oz. O espetáculo faz parte do projeto Teatro na Escola, que conta com 18 alunos da Fundação e será realizado na semana que vem, nos dias 12, 13 e 14/11.

A atuação dos alunos é inspirada nos espetáculos da Broadway, e a história contada em Wicked é sobre duas amigas inesperadas, Elphaba, a Bruxa Malvada do Oeste e Glinda, a Bruxa Boa do Norte, interpretadas pelas alunas Vitória Beatriz e Fernanda Lira, do 2º ano do Ensino Médio na Fieb.

Gilbert Vaz, que faz o Príncipe do País dos Winkies, o famoso espantalho, conta que criou uma interação forte com o teatro e com o restante dos alunos que apresentam a peça. “O teatro é uma das artes que eu mais aprecio, é sempre uma grande felicidade assistir uma peça e se envolver com a história que está sendo passada para o público”, contou o também aluno do 2º ano ao Barueri na Rede.

Ao todo, 18 alunos do Ensino Médio da Fundação vão participar das apresentações./Fotos: Divulgação
Ao todo, 18 alunos do Ensino Médio da Fundação vão participar das apresentações./Fotos: Divulgação

“A Elphaba é uma personagem que tem que ser muito forte. Durante toda a história, ela sofre muita rejeição, tanto pela cor (verde), como pelos mal-entendidos que a transformam na bruxa má. Quando sou pintada de verde para interpretar é o momento que me sinto na pele da Elphaba. Às vezes, eu ando verde pelos cantos da escola, quando não dá tempo de tirar toda a tinta, e consigo sentir o que poderia ser a rejeição que a personagem sofre história”, explica Vitória Beatriz, de 16 anos.

O professor coordenador do Teatro na Escola, Marco Vianna, conta que o projeto existe há aproximadamente 15 anos. ”Tudo começou de uma forma bem simples, com peças simples e pequenas. Estou montando musicais há cinco anos” relata Marco, que é o diretor da peça. “Nos primeiros musicais na escola, eu contei com a ajuda do Maurício Fiori, aluno da Fieb na ocasião. Hoje ele é estudante do Wolf Maya e me ajuda na direção das peças”, termina.

“Entrei na coordenação do grupo ao lado do Marco Vianna logo em 2015, quando montamos A Família Adams, pela paixão ao ofício e pelo fato de ter começado a estudar artes cênicas. Acredito que esteja ali para passar um pouco do que venho aprendendo do mundo do teatro e da arte, tanto tecnicamente quanto humanamente. Meu objetivo principal não é formar grandes atores, mas como dizem alguns mestres dos palcos: o teatro é a arte da empatia”, diz, empolgado, Maurício Fiori.

Sobre a oportunidade de subir aos palcos, a aluna Fernanda Lira, que interpreta a bruxa boa, vê a iniciativa do professor Marco como uma chance para as pessoas descobrirem seus talentos ocultos. “Sempre fui uma criança extremamente tímida, então poder me libertar de minhas fraquezas para dar corpo a diferentes personagens me encanta muito’, afirma.

As apresentações serão em três datas: segunda-feira, 12/11, às 20 horas; terça e quarta-feira, 13 e 14/11, às 14h30 e 20 horas. Os ingressos são gratuitos e podem ser adquiridos por meio do telefone (11) 96779-8194. O professor Marco Vianna alerta que par as sessões de segunda-feira à noite (20h) e quarta-feira à tarde (14h30) há oferta maior de lugares.

O Centro de Eventos do Museu da Bíblia fica na avenida Sebastião Davino dos Réis, 672 – Jardim Tupanci.

 

 

Compartilhe: