Termina prazo para operadoras regularizarem cabos em postes

0
618
Compartilhe:

Em caso de não cumprimento, Eletropaulo poderá cortar e retirar cabos de empresas de telefonia de postes

Termina nesta sexta-feira, 31/8, o prazo para que operadoras de telefonia regularizarem a situação de cabos em 2129 postes da AES Eletropaulo distribuídos em bairros da capital – Barueri está entre eles. Em caso de não cumprimento, fios que não estiverem etiquetados e reordenados serão cortados pela companhia elétrica.

Imagem feita por um leitor do BnR em 2016 já mostrava os problemas que a cidade tem com fiações. Essa foi tirada próximo à Praça das Bandeiras/Arquivo BnR
Imagem feita por um leitor do BnR em 2016 já mostrava os problemas que a cidade tem com fiações. Essa foi tirada próximo à Praça das Bandeiras/Arquivo BnR

Em abril, a Comissão de Resolução de Conflitos da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ordenou a regularização de cabos e equipamentos das empresas de telecomunicações Claro, Oi, Tim e Vivo, em postes da Eletropaulo no prazo de 90 dias.

De acordo com a Anatel, as empresas se comprometeram em cumprir integralmente com a Resolução Normativa nº 797/2017 da Aneel. Em Barueri, há uma grande quantidade de data centers, que se cortado um cabo pode interromper a conexão de Internet em hospitais e delegacias, já que somente as teles sabem quais localidades os equipamentos levam a conexão.

teret

O processo para regularização teve origem em 2016. Além da regularização de cabos e equipamentos, a resolução visa diminuir os riscos de acidentes de trabalhadores. Em junho, um funcionário de uma empresa de telefonia morreu após receber um choque de alta voltagem quando trabalhava em um poste no Tamboré (relembre).

Compartilhe: