Acidente com três vítimas no Centro deixa uma grávida ferida

0
4924
Compartilhe:

Batida entre carro e um ônibus da Benfica aconteceu próxima ao Sameb, nesta quinta-feira, 8/2

Fotos: BnR
Das três pessoas que estavam no veículo, uma mulher, grávida de dois meses, queixava-se de dores e foi encaminhada ao PS Central/Fotos: BnR

Na tarde desta quinta-feira, 8/2, por volta das 17 horas, um acidente envolvendo um carro e um ônibus da Benfica fez três vítimas, os passageiros do veículo de passeio, na avenida Guilherme Perereca Guglielmo, no Centro, próximo ao Pronto Socorro Central (Sameb).

Testemunhas que presenciaram o acidente contaram ao Barueri na Rede que um ônibus de linha da Benfica bateu em um Golf prata, que vinha do Centro e seguia sentido Bethaville/Castelo Branco. O carro foi arremessado, rodopiou e bateu de frente na mureta de proteção da pista que dá acesso ao Ginásio José Correia.

Fotos: BnR
Com o choque, carro rodou e acabou parando no sentido contrário da via/Fotos: BnR

A colisão deixou pelo menos três pessoas que estavam no Golf feridas, um homem que dirigia o veículo e duas mulheres – a esposa do condutor, grávida de dois meses e enteada dele. Reclamando de dores fortes, a gestante precisou ser retirada do carro pelos socorristas do serviço municipal de resgate, da GCM que, para evitar maiores lesões, imobilizaram a vítima ainda dentro do veículo. A outra passageira, uma jovem de 20 anos, apesar de estar sentindo dores no joelho e no tórax, preferiu não seguir com a mãe, que foi levada ao PS Central (Sameb). Segundo o motorista do Golf, todos estavam com cinto de segurança.

Agentes do Demutran controlaram o trânsito na região, fazendo os desvios necessários por conta da interdição na via. Os passageiros do ônibus foram realocados para outra unidade da empresa de transportes e o motorista do coletivo permaneceu no local do acidente, assim como as outras duas vítimas do veículo de passeio.

Quase uma hora depois da colisão, o condutor do carro estava ao lado do que sobrou do veículo, que não tem seguro. “Eu nem sei como isso aconteceu. Eu dirijo há mais de 20 anos, nunca bati um carro. Inclusive dei passagem para o ônibus ali atrás [na saída da rua prefeitura para a avenida], e estava atrás dele, do lado direito da pista”, contou ao BnR.

Sobre o que teria provocado o choque, ainda atordoado com o impacto da batida, o motorista, que é morador de Barueri e preferiu não se identificar, afirmou “eu não sei dizer. Em um momento eu estava dirigindo e no outro senti o impacto”. Até às 18 horas, uma das faixas ainda estava interditada à espera da perícia.

 

 

 

Compartilhe: