Bruna tem votação menor, mas se elege. Demais candidatos decepcionam

0
7902
Compartilhe:

Bruna Furlan conseguiu novo mandato de deputada federal, mas votação caiu novamente. Ninguém mais foi eleito

A deputada federal Bruna Furlan foi reeleita para seu terceiro mandato parlamentar com pouco mais de 126 mil votos. Ela foi a única candidata da cidade a conseguir a eleição. Todos os demais postulantes de Barueri decepcionaram com votações muito inferiores ao esperado.

brunax
Bruna teve menos de metade dos votos obtidos em 2010

Mesmo Bruna ficou aquém do que membros de sua equipe calculavam. Sua votação de agora é a menor que ela já teve. Em 2010, foi a deputada federal mais bem votada do estado, com 270 mil votos. Quatro anos depois, caiu para 178 mil, mas ainda obteve um número expressivo de votos. Desta vez, nova queda, para 126 mil.

Analisando apenas seu desempenho em Barueri, Bruna também vem perdendo eleitores. Foram cerca de 61 mil votos na cidade em 2010 e 51 mil em 2014. Desta vez, a queda foi maior, para 38 mil. O número representa cerca de 19% dos votos válidos no município e confirma pesquisa feita pelo Instituto Mas a pedido do Barueri na Rede e publicada em junho. Na época, o levantamento concluiu que apenas 27% dos baruerienses aprovaram o desempenho da deputada.

O outro parlamentear de Barueri, deputado estadual Gil Lancaster, teve queda ainda maior e não conseguiu manter o posto na Assembleia Legislativa. Lancaster, que foi acusado de ter abandonado a cidade depois de ter sido eleito em 2014 com o apoio do então prefeito Gil Arantes, teve apenas 22.919 votos totais, muito menos que os 107 mil de quatro anos atrás. E desta vez o ex-deputado alcançou apenas 3.255 votos em Barueri.

saulox
Saulo ficou longe dos 19 mil votos que teve em 2016

Dos demais candidatos baruerienses a deputado federal, Saulo Goes foi quem teve a maior votação: 6.523 votos no total e 4.921 em Barueri, números bem inferiores aos 19 mil que ele alcançou em 2016 quando disputou a cadeira de prefeito. Também concorreram Margarete Reis e Claudio Paes, que alcançaram, respectivamente, 1.680 e 1.047 votos totais, com 266 e 378 em Barueri.

Entre os candidatos a uma vaga na Assembleia Legislativa, o barueriense mais bem votado foi o vereador Robertinho Mendonça, com um total de 9.994 votos, dos quais 8.060 nas urnas baruerienses. Luizinho do Camargo foi escolhido por 4.081 eleitores, sendo 3.017 de Barueri. Miguel de Lima teve 2.867 votos e Edson Campos, 2.951.

Diferenças nas dobradas

As três dobradinhas que Bruna Furlan teve em Barueri com candidatos a deputado estadual alcançaram resultados bem diferentes. O tucano César conseguiu eleger-se com 84 mil votos, dos quais 15 mil em Barueri, onde fez intensa campanha. Já Claudio Piteri ficou de fora da Assembleia pois amargou apenas 24 mil votos, sendo pouco mais de 7 mil em Barueri.

O pior, no entanto, ocorreu com Marco Vinholi. Sua candidatura fez parte de acordo de duas famílias políticas. Rubens Furlan abriu Barueri para a campanha de Marco, inclusive convidando seu pai, ex-prefeito catanduvense, para participar do governo barueriense, em troca de apoio a Bruna em Catanduva.

Ao fim, Bruna teve apenas 1.035 votos na cidade dos Vinholi, enquanto Marco alcançou 4.849 em Barueri e 3.440 em Catanduva. Com uma votação total de 55 mil, ele não conseguiu eleger-se.

Compartilhe: