Barueri realiza campanha de conscientização sobre tuberculose

0
188
Compartilhe:

Todas as UBSs da cidade contam com uma equipe de atendimento à doença. Campanha vai até dia 19/3

Entre os dias 5 e 19/3, Barueri realiza a campanha de conscientização da tuberculose. A ação tem como objetivo passar informações e esclarecer a população sobre como identificar e prevenir a doença, assim como incentivar o respectivo tratamento.

Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Barueri estão participando da campanha. Quem estiver com os sintomas da tuberculose, pode procurar a equipe de enfermagem, que faz o atendimento específico para a doença, na UBS mais próxima.

Para diagnóstico da tuberculose, o município possui um laboratório próprio com o aparelho GeneXpert que realiza o teste em duas horas, indicando se o paciente tem resistência ao tratamento. O equipamento, com alta sensibilidade, diminui as chances de erro no laudo final.

A campanha alerta para sintomas respiratórios que são característicos da tuberculose, como tosse seca há mais de duas semanas, tosse com secreção, febre vespertina, sudorese noturna, emagrecimento, cansaço ou fadiga.

Barueri foi premiada pelo tratamento de tuberculose no ano passado/Foto: Divulgação
Barueri foi premiada pelo tratamento de tuberculose no ano passado/Foto: Divulgação

Em 2017, Barueri registrou 113 casos da doença e 87% de índice de cura, tendo recebido o prêmio de qualidade nas ações de controle à tuberculose durante o Fórum Anual da Tuberculose, que ocorreu no dia 25/9 em São Paulo. Neste ano, sete novos casos foram registrados no município.

A tuberculose é uma doença infectocontagiosa, que pode ser transmitida pelo ar, pela saliva e pelo contato com outras pessoas. Ela atinge, principalmente, os pulmões e pode chegar também aos rins, ossos, cérebro, pele e até à coluna vertebral.

A doença tem cura e o tratamento é oferecido de forma totalmente gratuita. O processo tem duração de, no mínimo, seis meses e não pode ser interrompido um dia sequer, por isso, deve ser realizado com acompanhamento diário de um profissional da saúde.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil registra anualmente 70 mil novos casos de tuberculose, sendo que cerca de 4,5 mil são fatais. No mundo, os números são de 10 milhões de infectados ao ano, dos quais um milhão morrem.

Compartilhe: