Barueri estreia na elite do vôlei nesta terça no José Correa

0
554
Compartilhe:

Barueri/Hinode dá a largada na Superliga enfrentando novamente o Osasco/Nestlé

superliga1
Barueri mantém a base vice-campeã do Paulista e prepara reforços

O Barueri/Hinode estreia na noite desta terça-feira, 17/10, na Superliga Brasileira de Vôlei Feminino. O time do técnico José Roberto Guimarães enfrentará, a partir das 19 horas, no ginásio José Correa, o Osasco/Nestlé, com quem disputou na semana passada a decisão do Campeonato Paulista. A entrada é gratuita.

Com apenas um ano de vida, o Barueri chega à elite do vôlei nacional com ambições de realizar um grande campeonato. Embalado pela boa campanha no Paulista, onde obteve o vice-campeonato, o time aposta que poderá brigar pelas primeiras colocações.

jaque
Jaque: reforço de peso

O Campeonato Paulista serviu para nos mostrar que podemos ir longe. O nível da Superliga aumenta, é claro”, afirmou a levantadora Ana Cristina ao site Olimpíada Todo Dia. Ana está no Barueri desde o começo e é uma das peças importantes do elenco. “Queremos que o que fizemos até agora seja um impulsionamento para novas conquistas. Vamos começar do zero, porque é um novo torneio, mas que essa experiência nos ajude a chegar o mais longe possível na Superliga”.

O time manterá a base que disputou o Paulista e pode ter até três reforços para a competição nacional. O primeiro, já confirmado, é de Jaqueline Carvalho. A atleta, de 32 anos, tem no currículo inúmeros títulos importantes, entre os quais de destacam o bicampeonato olímpico e as cinco conquistas do Grand Prix pela Seleção Brasileira. Também jogou em times da Itália e da Espanha. Sua última equipe foi o Camponesa/Minas.

12 times em busca do título

A Superliga é disputada por 12 equipes que na fase de classificação jogarão todas contra todas em dois turnos. Essa etapa começa nesta terça, 17/10, e termina em 2/3/2018. Os oito primeiros colocados classificam-se para a fase de mata-mata.

As quartas de final vão ser realizadas de 9 a 20/3. As semifinais ocorrerão entre 23/3 e 6/4, e a grande final nos dias 14 e 22/4.

As equipes que disputam a competição são: Barueri/Hinode, Osasco/Nestlé, Sesi-SP, Fluminense-RJ, Pinheiros-SP, BRB/Brasília-DF, São Cristóvão/São Caetano-SP, Vôlei Bauru-SP, Rio do Sul-SC, Camponesa-MG, Dentil Praia-MG e Sesc-RJ.

 

Sucesso em apenas um ano de vida

O time do Barueri foi formado no ano passado por Zé Roberto dentro de um projeto que inclui também um núcleo de formação de jovens atletas. O treinador conseguiu montar uma equipe que apostou no projeto e chegou a jogar sem salário na fase de classificação para a Superliga B, a segunda divisão nacional.

Depois, ao conseguir o patrocínio da Hinode, empresa de cosméticos sediada no Alphaville, Zé Roberto conseguiu manter o projeto e disputar a Superliga B no início do ano. O time acabou campeão e conquistou o direito de participar da elite do vôlei nacional.

Nesse intervalo, disputou o Campeonato Paulista e chegou ao vice-campeonato ao perder a decisão para o Osasco no Golden Set, depois de ter vencido a partida decisiva por 3 a 2, quebrando uma invencibilidade de 23 partidas das adversárias em casa.

Compartilhe: