Baep de Barueri prende quadrilha e estoura refinaria de cocaína

0
2613
Compartilhe:

Unidade da PM acabou chegando até a refinaria depois de atender uma denúncia

legenda
Os policiais militares do 5º Baep, de Barueri, localizaram um total de 336 quilos de cocaína/Fotos: Divulgação

No fim da manhã desta sexta-feira, 8/6, uma denúncia anônima levou uma equipe do 5º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) de Barueri, até uma refinaria de drogas no interior de São Paulo. A ação dos policiais militares começou na altura do pedágio da Castelo Branco, região de Barueri. Os PMs, com o apoio do 2º Baep, estabeleceram patrulhamento e por volta das 13 horas acabaram identificando o veículo suspeito e abordaram o Fiat Strada verde que seguia sentido interior.

Mesmo não tenho encontrado nada com o motorista, identificado apenas como Márcio, os policiais, ao revistarem o veículo, descobriram um compartimento cofre, onde estava armazenado uma quantidade de cocaína dentro de um saco plástico. Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito confessou o transporte da droga e disse que sua responsabilidade era somente fazer o transporte. Diante do flagrante, o motorista concordou em levar os policiais até os dois locais onde ele iria.

legenda2
Droga localizada na casa de um dos criminosos

O primeiro local apontado pelo suspeito foi uma casa em Araçariguama, onde as equipes conseguiram deter um homem, Salvador, com passagem por roubo. Na residência dele os policiais localizaram uma espingarda calibre 44, cocaína, maconha e itens para o preparo do entorpecente, como baldes, peneiras, liquidificador e produtos químicos.

 

lgenda
Refinaria funcionava em uma chácara em Araçariguama

No segundo local indicado por Márcio, uma chácara afastada, bem distante do primeiro endereço, foi localizada uma grande quantidade de drogas armazenadas em tonéis de  aproximadamente 300 quilos, outra quantia em processo de secagem, além de prensa hidráulica, triturador, produtos químicos, uma espingarda calibre 22, embalagens vazias e outros produtos.

Um terceiro homem, apontado como ‘Brasília’, morador de Osasco, foi apontado pelos suspeitos como dono da refinaria. Alguns dos policiais envolvidos na operação sabiam quem era ‘Brasília’ e decidiram ir até Osasco na busca pelo terceiro suspeito. Localizado em um Kia Picanto branco, o homem apontado como dono da refinaria, junto com outro rapaz, assumiu a participação no crime e chegou a oferecer mais de R$ 6 mil e uma pistola calibre 380 aos policiais como suborno. Na casa dele também foram apreendidas uma réplica de fuzil.

dinheiro
Após recusa da tentativa de suborno, PMs deram voz de prisão aos criminosos

Já o segundo suspeito, após admitir ser o ‘químico’ da quadrilha, ofereceu R$ 19 mil reais que também foram recusados pelos policiais que apreenderam o dinheiro, a arma e o falso fuzil, e deram voz de prisão aos suspeitos. No total, a equipe do 5º Baep, de Barueri – com o apoio do comando do 2º Baep e policiais do 22º, 41º e 42º Baeps, prendeu quatro homens, apreendeu dois veículos, três armas, mais de R$ 25 mil, 336 quilos de cocaína e 1,1 kg de maconha. A ocorrência foi apresentada no 5º DP de Osasco, onde os criminosos permaneceram presos.

Compartilhe: